Home
Palestra
Fotos
Publicidade
Notícias
Contato
Notícias

Querido golfe...até aqui cheguei! ... Coluna GUILLERMO PIERNES

Querido Golfe...Até aqui cheguei!

Por Guillermo Piernes

Foram várias décadas de viver o golfe, desfrutar de belos momentos em companhia de pessoas admiráveis, de percorrer cenários maravilhosos em todos os continentes, de participar em torneios fantásticos, de transmitir e compartilhar emoções com milhares.

“É o jogo da vida” definiu com toda propriedade o ex-presidente Bill Clinton, no topo do poder mundial. Um jogo que obriga a valorizar a humildade e priorizar a integridade!

A recuperação do esporte após a pandemia – assim como acontece depois de outras guerras e pestes - chegará certamente muito antes do rebrote do valor da integridade e o culto da humildade e a verdade em outras esferas.

No golfe comprovei na prática que tudo pode piorar e que também sempre existe uma saída. Tudo passa.

Os campos voltarão ao auge, com torneios, patrocinadores, festas e a confraternização única do esporte. Pessoalmente, celebrando os meus três quartos de século eu não tenho muito tempo nem condições atléticas para esperar por mais ação.

Opto por ficar com as lembranças especiais, desejando que muitos continuem com o deleite e outros descubram o golfe, que como as melhoras coisas são rodeadas de preconceitos.

Como jogador eu tive alguns fugazes momentos de gloria. A gloria no golfe foi muito generosa comigo considerando o jogo errático de quem nasceu mais para contar histórias que para preencher bons cartões.

Como escritor, jornalista ou colunista de golfe tive o privilegio de ter colaborado sobre esse esporte fascinante para Gazeta Mercantil (então o quarto maior jornal econômico mundial), as revistas Golf & Turismo, Forbes Brasil, Golf Digest Brasil, Adega, New Golf, Golfe+, com artigos e entrevistas reproduzidos nos sites da CBG e federações estaduais, Jornal do Golfe, Blogolfe e APG, alem do portal Golf Empresas.

Sempre tive valioso retorno dos leitores que apreciam informação correta. Por seguir essa linha enfrentei alguns obstáculos quando fui jovem correspondente internacional das agências Reuters e UPI. Já veterano, também registrei reações impróprias no mundo do golfe por escrever verdades. Senti-me honrado.

Escrevi dois livros relacionados ao esporte: Tacadas de Vida e Liderança e Golfe. Dez anos antes de escrever sobre golfe e saindo da vida diplomática - fui porta-voz em Washington e diretor a OEA no Brasil -, a Universidade de Brasília publicou meu livro Comunicação e Desintegração na América Latina.

O exercício da comunicação me permitiu conhecer todas as molas que movem o esporte.

Como palestrante ligado ao golfe falei para plateias de executivos e funcionários de poderosas instituições, grandes, medias e pequenas empresas. Fui afortunado com esse trabalho ao trazer para o esporte amado alguns patrocinadores e dezenas de novos jogadores.

Também integrei diretorias de federações e clubes, equipes organizadoras de grandes torneios profissionais e amadores em diferentes campos do país. Realizei o primeiro torneio noturno da história do golfe brasileiro.

Vivi o golfe intensa e amplamente. Mas o tempo passou. É um novo tempo.

Estou convicto que já dei o melhor que eu podia dar ao golfe. Recebi como gigantesca recompensa os muitos amigos que ganhei no percurso. Alguns deles insistem “fica...fica...”. Um dia espero que entendam do meu alivio em informar que até aqui cheguei feliz!

Esse mesmo tempo inexorável também permitirá a paulatina reorganização da sociedade e a gradual reestruturação dos clubes e campos de golfe, a volta da alegria dos jogos, das risadas, dos abraços fraternos.

No golfe e na vida nunca sabemos quantas tacadas mais vamos dar até o jogo acabar. Assim nessas próximas tacadas apontarei para outros espaços as quais devotei menos tempo precisamente por viver intensamente o golfe.

Grato golfe amado! Quanto você me brindou. Valeu!

[ voltar para a homepage ] [ ver todas as notícias ] [ ver próxima notícia ]






Copyright Golf e Negócios 2020   Desenvolvido por InWeb Internet